Diario porque fazer

 

Escrever um Diário como Meio para a Transformação Pessoal

Nós somos os autores ou os escultores de nossas vidas.

Para se tornar a pessoa que queremos ser, nós precisamos refletir sobre nossos pensamentos e ações e, em seguida fazer todas as mudanças que considerarmos necessárias. Afinal, os nossos pensamentos se solidificam em ações, cada passo que ajuda a moldar nossas vidas.  Ao invés de meramente refletir em nossos pensamentos e ações, escrevê-los vão melhorar muito nossa transformação.

A diferença entre refletir sobre nossos pensamentos e escrevê-los é como a diferença entre a esculpir com uma marreta e um martelo. É uma diferença de poder. A reflexão é uma marreta. Escrever é um martelo.

Os pensamentos são frágeis. Como as flores da cerejeira sopradas pelo vento, nós dispersamos pensamentos em todas as direções. Fazer isso por mera reflexão não tem poder.

Mas escrever os nossos pensamentos nos obriga a concentrar-se sobre as questões, e lê-las nos ajuda a manter o assunto.

Se você quiser queimar um jornal, você não iria tentar fazê-lo, colocando-o no sol, não é? Mesmo se você deixar lá por 50 anos, o pior que poderia acontecer é que as páginas ficariam amarelas.

No entanto, se você usar uma lupa para concentrar os raios do sol, você poderia incendiar o jornal em poucos minutos. A escrita é a lupa que define os nossos pensamentos sobre o fogo.

Manter um diário e a meditação são semelhantes em quatro aspectos.

Em primeiro lugar,ambos podem melhorar substancialmente a nossa vida.

Segundo, quase todo mundo tem uma vaga noção do que é para meditar ou manter um diário.

Em terceiro lugar, poucas pessoas entendem os passos específicos envolvidos em cada atividade. Em outras palavras, eles não sabem exatamente o que fazer.

Em quarto lugar, existem centenas de métodos para se engajar em cada prática.

Para simplificar, vou descrever um método. É a técnica que eu uso. Mas, primeiro mim diga , qual é o propósito de escalar montanhas?

 De acordo com montanhistas, é porque elas estão lá.

E qual é o propósito da escrita?

De acordo com o romancista americano Thomas Louis Berger“é porque ela não está lá.”

Por isso que eu faço isso para experimentar um crescimento contínuo. Eu estou melhor hoje que estava ontem e eu quero ser melhor amanhã do que hoje.

Qualquer bom professor ou supervisor sabe que se você quer que alguém mude seu comportamento, você começa com um elogio sincero para que eles saibam que eles têm valor e são apreciados.

Em seguida, explicar que eles podem se tornar ainda melhores, fazendo tudo o que você está prestes a sugerir. Se esta é a maneira que eu trato os outros, devia eu me tratar da mesma maneira?

Assim, a primeira coisa que faço ao escrever no diário todas os dias/noites é a resposta à pergunta“O que eu fiz certo hoje?

 Ao rever minhas realizações, isso me encoraja a ficar no caminho e fazer ainda melhor no futuro. Agora que eu estou motivado para fazer melhor, eu vou para

a segunda etapa, perguntando a mim mesmo, “O que eu fiz hoje que eu poderia ter feito melhor?” Aqui é onde habita a oportunidade. Eu procuro maneiras que eu posso melhorar, aprendendo com meus erros. Felizmente, eu nunca fico sem possibilidades de auto-aperfeiçoamento.

Cada uma destas perguntas quando iniciando a escrever ficam mais importante do que a etapa anterior.

Na etapa três, eu me pergunto: “Que ações posso tomar para aproveitar as oportunidades para o auto-crescimento que eu encontrei?” Após listar as ações que eu possa tomar, eu passo para o

quarto passo, que é para atender as etapas da ação na minha agenda diária. Dependendo de como estou ocupado, vou começar a incorporá-las em minha vida, se não no dia seguinte, ou dentro de poucos dias.

Apesar de todas as mudanças que eu faço para o melhor são louváveis, não são de muito valor, a menos que se tornem permanentes ou habituais.

Isso porque a etapa cinco é a mais importante. Este é o passo que eu acompanho meu progresso e me certifico de que estou no caminho. Mantenho um olhar atento se o meu comportamento melhorou, ter certeza de eu repeti-lo por 30 dias, até se tornar um hábito.

 Uma vez que fiz isso, eu fico livre para esquecê-lo e seguir em frente para novas áreas de melhoria.

O passo cinco também combina com o primeiro passo, para quando eu olhar para o que estou fazendo certo estou realmente acompanhando o meu progresso.

Assim, as cinco etapas formam um ciclo interminável de melhoria. Acho esses passos fáceis de seguir e nunca gasto mais do que 30 minutos para fazê-los.

Há outra coisa que eu faço. Muitas vezes, quando estou fazendo o meu diário eu tenho ótimas ideias, ou apenas penso em algo que posso querer considerar no futuro.

Embora nenhum desses pensamentos podem estar diretamente relacionados ao meu critério de auto-aperfeiçoamento, eles valem a pena.

Então, eu imediatamente adiciono esses lampejos de inspiração em um outro diário, que serve como um repositório de boas ideias.

Uma vez por semana, eu dou uma olhada de dez ou quinze minutos no meu repositório de boas idéias para ver em quais eu estou pronto para agir.

Manter um diário irá te orientar focar e usar seus pensamentos para te levar aonde você quer ir. Ele irá acelerar o seu crescimento e ajudar a atingir seus objetivos. Ele coloca você no comando de seus pensamentos, e, portanto, no comando de sua vida.

Uma vez que você adquire o hábito de manter um diário, você dificilmente vai entender como você não usava um antes!