A armadilha da bebida, Você corre o risco?

 

 O abuso do álcool
Uma catástrofe social

TOMAR bebidas alcoólicas tem dois lados: um bom e um ruim. A Bíblia diz que o uso moderado do álcool pode fazer o coração do homem alegrar-se.

    (Salmos 104:15) 15 E vinho que alegra o coração do homem mortal, Para fazer a face brilhar com óleo, E pão que revigora o próprio coração do homem mortal.

 

 Mas avisa também que o mau uso pode ser prejudicial ou até mortífero, como a picada de uma cobra venenosa.

(Provérbios 23:30-32) . . .. 31 Não olhes para o vinho quando apresenta uma cor vermelha, quando está cintilando no copo, [quando] escorre suavemente. 32 No seu fim morde igual a uma serpente e segrega veneno igual a uma víbora. . .

 

Vamos avaliar mais de perto o alto custo do abuso do álcool.

 

Número de mortos

Em todo o mundo, o alto custo do abuso do álcool em termos de vidas humanas é incalculável. Na França, o abuso do álcool é a terceira causa de morte depois do câncer e das doenças coronárias. Provoca a morte de 50 mil pessoas por ano, direta ou indiretamente. Isso “equivale à colisão de dois ou três grandes aviões a jato a cada semana”, segundo um relatório encomendado pelo Ministério da Saúde da França.

O número de mortes por causa do abuso de bebidas alcoólicas é alto principalmente entre os jovens. Segundo um relatório publicado em 2001 pela Organização Mundial da Saúde, o álcool é a principal causa de morte entre os homens europeus de 15 a 29 anos. Prevê-se que, em alguns países da Europa Oriental, em pouco tempo o abuso do álcool matará 1 em cada 3 homens jovens.

 

Violência e agressão sexual

O álcool contribui para atos de violência. Beber pode deixar a pessoa desinibida e levá-la a interpretar mal o comportamento de outras pessoas, tornando mais provável que ela reaja de forma violenta.

O álcool é um fator significativo na violência doméstica e na agressão sexual. Um estudo com presidiários, realizado na França, sugeriu que o álcool estava envolvido em dois terços dos estupros e das agressões sexuais. Na Polônia, as pesquisas mostram que 75% das esposas de alcoólatras têm sido vítimas de violência, observa a revista Polityka. Os autores de um estudo estimaram que “o uso do álcool está associado a um risco aproximadamente duas vezes maior de sofrer homicídio em todas as faixas etárias, e que [mesmo] pessoas que não bebem, mas vivem em lares onde há pessoas que bebem, correm maior risco de sofrer homicídio”. — Associação Médica Americana, Conselho sobre Assuntos Científicos

 

 

Custo social

O custo financeiro para a sociedade é assustador quando se calculam os gastos com saúde, seguros e perda da produtividade por causa de acidente, doença ou morte prematura. Diz-se que o abuso do álcool custa pelo menos um bilhão de dólares por ano para a população da Irlanda, de 4 milhões de pessoas. Uma fonte citada no jornal The Irish Times declarou que essa quantia equivale “ao preço de um hospital novo, um estádio de esportes e um avião a jato para cada ministro por ano”. Em 1998, o jornal Mainichi Daily News relatou que o impacto econômico do consumo excessivo de álcool no Japão era de “mais de 6 trilhões de ienes [55 bilhões de dólares] por ano”. Um relatório feito para o Congresso dos EUA declarou: “O custo estimado do abuso do álcool foi de 184,6 bilhões de dólares apenas em 1998, ou aproximadamente 638 dólares para cada homem, mulher e criança que morava nos Estados Unidos naquele ano.” E que dizer do custo psicológico, que envolve famílias desfeitas ou enlutadas, e estudos ou carreiras interrompidas?

Não é difícil perceber as conseqüências do mau uso do álcool para a sociedade. Seus hábitos de beber põem em risco a sua saúde e a de outros?

assista esse video e veja o que voce sente e tire suas conclusões.