Como Vencer desejos errados

 “Quando quero fazer o que é direito, está presente em mim aquilo que é mau.” — ROMANOS 7:21.


TALVEZ mais do que qualquer outro apóstolo, Paulo trabalhou muito para promover os elevados princípios do cristianismo.

leia 1 Coríntios capitulo 15, versículo 9 a 10.

9 Pois eu sou o mínimo dos apóstolos, e não sou apto para ser chamado apóstolo, porque persegui a congregação de Deus. 10 Mas, pela benignidade imerecida de Deus, sou o que sou. E a sua benignidade imerecida para comigo não se mostrou vã, mas labutei mais do que todos eles, contudo, não eu, mas a benignidade imerecida de Deus que está comigo.

Ainda assim, foi franco ao reconhecer o acima. Ele vivia em conflito. Havia uma luta constante entre a mente e os desejos errados.

Já se sentiu assim como o apóstolo Paulo?

Na realidade, quem de nós, criaturas imperfeitas, nunca viveu um conflito interior?

Para muitos, a luta para vencer desejos errados é mais intensa.


Em alguns, o desejo de obter satisfação sexual é muito forte, chegando a ser um tormento.




Outros são escravos dos vícios da jogatina




do tabaco.





das drogas




da bebida.




Quando confrontados com desejos nocivos e impuros, o que devemos fazer para vencê-los?
De que ajudas dispomos?
Será que sempre teremos de lutar contra os desejos errados?

 
Amor — o segredo para vencer desejos errados


 
Jesus destacou os dois mandamentos mais importantes da Lei mosaica. O primeiro é:


“Tens de amar a Jeová, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua mente.” (Mateus 22:37).

 
Se amarmos a Deus, assim como Jesus disse que devíamos fazer nosso maior desejo não deveria ser agradá-Lo?
Sendo assim, esse desejo correto pode nos ajudar na guerra contra os piores desejos.
 


Isso não é apenas uma teoria. Milhões de cristãos conseguem vencer diariamente desejos errados. Como você pode desenvolver esse forte apego a Deus?




Por meditar com apreço na Sua bondade conforme observada na criação, na Bíblia e em Seus tratos conosco, como indivíduos.
 
Leia — Salmo 116:12,

12 Que pagarei de volta a Jeová Por todos os benefícios que me fez?14; 14 Pagarei meus votos a Jeová, Sim, diante de todo o seu povo.
Leia - 119:7, 7 Elogiar-te-ei em retidão de coração Ao aprender as tuas justas decisões judiciais.
Leia - 119; 9 Como purificará um moço a sua vereda? Por estar vigilante segundo a tua palavra.
Leia - Romanos 1:20. 20 Pois as suas [qualidades] invisíveis são claramente vistas desde a criação do mundo em diante, porque são percebidas por meio das coisas feitas, mesmo seu sempiterno poder e Divindade, de modo que eles são inescusáveis
 
O segundo mandamento mais importante citado por Jesus é: 

“Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo.” (Mateus 22:39)


O apóstolo Paulo disse que o amor “não se comporta indecentemente” e “não procura os seus próprios interesses”.

Portanto, esse amor altruísta nos ajuda a evitar qualquer conduta que poderia magoar outros. 

Leia (1 Coríntios 13:4-8), 4 O amor é longânime e benigno. O amor não é ciumento, não se gaba, não se enfuna, 5 não se comporta indecentemente, não procura os seus próprios interesses, não fica encolerizado. Não leva em conta o dano. 6 Não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com a verdade. 7 Suporta todas as coisas, acredita todas as coisas, espera todas as coisas, persevera em todas as coisas.8 O amor nunca falha. Mas, quer haja [dons de] profetizar, serão eliminados; quer haja línguas, cessarão; quer haja conhecimento, será eliminado.
 


Como se cultiva esse amor? 

Colocando-nos no lugar da outra pessoa e nos preocupando sinceramente com seus sentimentos e bem-estar duradouro.

Leia - Filipenses 2:4, 4 não visando, em interesse pessoal, apenas os vossos próprios assuntos, mas também, em interesse pessoal, os dos outros.


De que ajudas dispomos?

Visto que Deus compreende que é difícil fazermos o que é certo, ele forneceu ajuda de diversas maneiras. Por meio de sua Palavra escrita, a Bíblia, ele nos ensina a odiar o que é mau e a desenvolver um respeito salutar por ele.

 
 
 

A Bíblia apresenta histórias da vida real que mostram o desfecho trágico de se sucumbir aos desejos errados. Além disso, Jesus disse que, se o solicitarmos, Deus nos dará Seu espírito santo, a maior força do Universo. (Lucas 11:13) 

Portanto, se vós, embora iníquos, sabeis dar boas dádivas a vossos filhos, quanto mais o Pai, no céu, dará espírito santo aos que lhe pedirem!”

 
Esta força pode aumentar nossa determinação de fazer o que é certo. Outra ajuda é o apoio mútuo e o incentivo que recebemos de outros cristãos que também travam uma luta contra os desejos errados.


(Hebreus 10:24, 25)
 

24 E consideremo-nos uns aos outros para nos estimularmos ao amor e a obras excelentes, 25 não deixando de nos ajuntar, como é costume de alguns, mas encorajando-nos uns aos outros, e tanto mais quanto vedes chegar o dia.

 
À medida que influências positivas vão tomando o lugar das negativas, somos ajudados na luta para fazer o que é correto. (Filipenses 4:8) 

8 Por fim, irmãos, todas as coisas que são verdadeiras, todas as que são de séria preocupação, todas as que são justas, todas as que são castas, todas as que são amáveis, todas as coisas de que se fala bem, toda virtude que há e toda coisa louvável que há, continuai a considerar tais coisas.
 


Será que essa tática funciona mesmo?

Veja o caso de Fidel. Em seu bairro, todos sabiam que ele era alcoólatra. Ele fumava, se envolvia em jogatina e brigava com os outros quando estava sob a influência do álcool. O estudo da Bíblia e o contato direto com instrutores bíblicos o ajudaram a superar esses maus hábitos. E a vida dele com a esposa e os dois filhos melhorou muito.
Talvez alguém se pergunte: “E se eu tiver uma recaída?”
 
O apóstolo João fala sobre essa possibilidade: Leia (1 João 2:1, 2)

“Filhinhos meus, escrevo-vos estas coisas para que não cometais um pecado”. Contudo, se alguém cometer um pecado, temos um ajudador junto ao Pai, Jesus Cristo, um justo. E ele é um sacrifício propiciatório pelos nossos pecados, contudo, não apenas pelos nossos, mas também pelos do mundo inteiro.
“É verdade, o sacrifício de Jesus cobre os erros dos que se arrependem e fazem um esforço sincero para mudar a fim de agradar a Deus”. Visto que temos essas ajudas, existe alguma razão válida para alguém desistir de fazer o que é correto?
 
 
 
 

Desejos errados serão vencidos
Se cultivarmos amor a Deus e ao próximo e tirarmos proveito da ajuda que Ele fornece, conseguiremos vencer desejos errados mesmo agora. Além do mais, a Palavra de Deus nos assegura de que a luta não vai durar para sempre. No futuro próximo, os que tiram proveito das ajudas espirituais que Deus coloca à disposição serão curados por completo, tanto física como espiritualmente.

 


(Revelação [Apocalipse] 21:3-5; 22:1, 2) Com isso ouvi uma voz alta do trono dizer: “Eis que a tenda de Deus está com a humanidade, e ele residirá com eles e eles serão os seus povos. E o próprio Deus estará com eles. 4 E enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem clamor, nem dor. As coisas anteriores já passaram.”
 



E ele me mostrou um rio de água da vida, límpido como cristal, correndo desde o trono de Deus e do Cordeiro, 2 pelo meio de sua rua larga. E deste lado do rio e daquele lado [havia] árvores da vida, produzindo doze safras de frutos, dando os seus frutos cada mês. E as folhas das árvores [eram] para a cura das nações.

 
 

Serão libertos do peso do pecado e de sua conseqüência: a morte.

(Romanos 6:23)23 Não somente isso, mas também nós mesmos, os que temos as primícias, a saber, o espírito, sim, nós mesmos gememos em nosso íntimo, ao passo que esperamos seriamente a adoção como filhos, sermos livrados de nossos corpos por meio de resgate.

 


Por outro lado, os que estão determinados a continuar a executar desejos impuros e nocivos não receberão essas bênçãos.
 
 
Revelação 22:15.Lá fora estão os cães e os que praticam o espiritismo, e os fornicadores, e os assassinos, e os idólatras, e todo aquele que gosta da mentira e a pratica.’
Como é consolador saber que não teremos de lutar indefinidamente contra desejos errados. Eles serão eliminados por completo e para sempre. Que alívio!